Cwb Game Festival

No domingo, dia 05/08, aconteceu na cidade de Curitiba, a primeira edição do Cwb Game Festival. Evento sediado e organizado pela GAMEscola (www.gamescola.com.br) , instituição que tem como proposta educar de forma prática, descomplicada e divertida, os alunos no universo dos games. Entre os cursos ministrados por eles estão Design de Jogos e Aplicativos, Introdução ao Desenho à Mão, Inglês, Modelagem 3D, Produção Audiovisual e Criação de Jogos em Unity.

As portas se abriram apenas às 11:00, mas horas antes, uma legião de cosplays e entusiastas do mundo nerd, tomados por grande expectativa, formavam uma enorme fila à espera das surpresas que os aguardavam ali.

Logo na entrada, já se via vários produtos temáticos do festival, que dividiam espaço com um belo copo alaranjado do Decora Nerd. A Avell, uma das patrocinadoras do evento, trouxe ao público uma linha de poderosos notebooks gamers.

E é claro que os tradicionais produtos geek não poderiam ficar de fora. Botons, chaveiros, action figures, canecas, bolsas e almofadas, além de uma vasta diversidade de outras opções que competiam pelo dinheiro de todos os presentes.

A WarpZone (warpzone.me), competente editora paulista de publicações impressas e digitais sobre games, fez sua estreia vendendo seus livros e revistas em terras curitibanas. Em pouco mais de três anos de existência, essa produtiva equipe já deu vida a mais de 50 trabalhos. Todos os títulos de suas três linhas principais estavam disponíveis: a série Clássicos, que a cada edição aborda uma franquia especifica (como Final Fantasy, Resident Evil e Castlevania), detalhando seus jogos, criadores e produtos derivados, a série Biografias, que apresenta a história e as curiosidades envolvidas na criação de icônicos personagens (como Mario, Sonic, Lara Croft, Solid Snake e Master Chief) e a série 101 Games, que descreve 101 jogos inesquecíveis de videogames que vão desde o Atari 2600 até o Playstation 2, o mais recente lançamento dessa linha.

Seus materiais de luxos também marcaram presença, com o Mega Drive Definitivo, um incrível tributo ao console de 16-bit da Sega, que reúne absolutamente tudo que os fãs precisam saber sobre esse amado videogame, detalhando ainda a história da própria Sega e a rica trajetória da Tectoy no Brasil, e o Essencial: The King of Fighters, livro sobre a famosa série que a SNK concebeu como uma homenagem a seu próprio legado, se tornando o carro-chefe da companhia na segunda metade da década de 90 e inicio dos anos 2000, uma publicação completa que supera em qualidade e conteúdo muitos materiais produzidos ao redor do mundo sobre esse tema.

Dividindo espaço com a WarpZone, estavam vários videogames à disposição de quem quisesse disputar uma partida de maneira descompromissada, a maioria deles ligados à simpáticas TVs de tubo avermelhadas com duas rodinhas nas laterais, inspiradas na animação da Pixar, Carros.

Conhecidos youtubers como Velberan e Sr. Wilson, também foram convidados e muito gentilmente atenderam todos aqueles que os procuraram em busca de uma foto ou um papo mais divertido e informal.

Ficam aqui também nossos elogios ao trabalho realizado pelo André e pela Amanda, donos da GAMEscola, pelo cuidado com a disposição do espaço e pela preocupação com a circulação e acessibilidade de todos. A atenção com os detalhes foi tamanha que havia um espaço totalmente dedicado aos cosplayers, para que eles pudessem se vestir e ajustar suas fantasias. E também uma bem-vinda sala de imprensa, perfeita para gravações e entrevistas. Outros pontos que merecem ser citados são a qualidade e os valores justos cobrados pelos lanches, bebidas e salgados vendidos no Cwb.

E já que falamos da parte gastronômica do evento, não poderíamos deixar de citar a equipe do Serial Cookies(www.serialcookies.com.br), com uma interessante proposta que une um site e redes sociais voltados à produção de conteúdo sobre filmes, séries e games, além da cobertura de eventos, com a fabricação caseira de saborosos cookies, decorados com imagens que fazem referência ao imaginário nerd.

Subindo até o primeiro andar, os visitantes encontravam uma sala totalmente dedicada à partidas de RPG de mesa e jogos de tabuleiros, inspirados em games como Bloodborne, Warcraft e X-COM. Onde, não era difícil perder a noção do tempo desbravando esses vastos mundos imaginários. No cômodo ao lado, a Checkpoint VR (http://checkpointvr.com.br/), provia imersão em três dimensões aos que se candidatavam à essa experiência. Sem dúvida, essa foi uma das atrações mais procuradas, com um aglomerado constante de pessoas esperando para testá-la.

Analisando o Cwb sob o olhar dos expositores e também do próprio público, podemos afirmar que sua estreia foi um absoluto sucesso. O maior mérito da organização foi priorizar o conforto e bem-estar das pessoas, tornando o retorno financeiro um fator importante, mas secundário. Espero que ano que vem, ele se repita mantendo a mesma a mesma aura de comprometimento e diversão.